Plantas dentro de casa: por que e como investir!

1
Sala de estar com plantas

Plantas são um dos principais itens para se ter na decoração. Isso porquê, além de embelezar o cômodo, elas ainda contribuem para o equilíbrio do ambiente. Hoje, vamos lhe dar dicas de como acolher as espécies certas em sua casa para viver na sua mini selva.

Ter plantas em casa é uma das formas mais fáceis de trazer a natureza para perto, mas as vezes acaba se tornando um processo complicado, pelos cuidados que esses seres precisam receber. Na natureza as plantas são autossuficientes, mas quando vivendo em diferentes ambientes, necessitam de locais propícios e alimento para poder se desenvolver de forma saudável.

É fato que muitas pessoas adoram plantas e gostariam de tê-las em casa, porém, em alguns casos, não se acham responsáveis ou dedicados o suficiente para isso. Com o intuito de ajudar nessa questão, elencamos algumas dicas que vão te mostrar que as plantas podem sim fazer parte de sua casa e da sua vida, sendo muito mais do que simples arranjos ornamentais. Podendo ser, também, ótimas companheiras.

O primeiro passo é entender algumas questões sobre ter plantas. Confira as dicas:

  1. Elas tem tanta vida quanto nós
Brotos de espécies de plantas suculentas.

Cada espécie possui suas peculiaridades e, ainda, cada muda de planta, sua personalidade. É importante olhar atentamente para o comportamento de cada uma separadamente. Veja alguns aspectos que para se ficar atento e medir a saúde das plantas:

  • prestar atenção em seu ritmo de crescimento;
  • atente-se à aparência da planta;
  • acompanhe seus movimentos em busca de luz.

Mas elas não reagem apenas à questões biológicas. As plantas também são super sensitivas e conseguem perceber o clima espiritual do espaço em que se encontram. Por vezes, esse ponto é esquecido. Porém, em muito casos pode ser o motivo de a planta estar com a saúde comprometida e os ciclos alterados.

2. Como é o seu ambiente?

Vaso de planta com espécie de orquídea ao Sol.

Você mora em casa, apartamento, ou quer agregar seu espaço empresarial? O que você precisa mesmo saber, são as condições do espaço físico em que a sua planta irá ficar. Observe questões como:

  • pontos de luz natural e incidência;
  • nível de umidade do ar;
  • o espaço disponível para desenvolvimento e crescimento;
  • pets e o possível relacionamento deles com as novas moradoras;
  • qualidade do ar.

Esses são alguns dos principais fatores que você pode se atentar. Quanto mais informações conseguir extrair de seu ambiente, maior será a facilidade na hora de escolher a espécie certa e manter uma boa qualidade de vida para ela.

3. Se entenda

Pessoa em sua sala de estar, parada em frente a janela, com algumas plantas.

Cuidar de plantas exige um comprometimento. Mesmo que pequeno, é preciso dedicar alguns minutos do seu tempo para que a relação possa ser agradável e duradoura. Uma forma de entender a sua disponibilidade é fazendo um mapa de sua rotina. Analise pontos como:

  • o nível de dedicação que está disposto e consegue doar;
  • se você é uma pessoa que viaja muito ou não;
  • sua experiência com plantas. Essa informação é importante pois se você for novo nesse mundo, é melhor que comece com plantas de cuidados mais fáceis;
  • e, claro, o tamanho da sua vontade.

Em um primeiro momento pode parecer muita coisa para se levar em consideração apenas para ter uma planta. Mas, na verdade, será uma troca e uma experiência que com certeza lhe beneficiará também.

Dicas de como aplicá-las em sua casa

Agora que você já sabe o que levar em consideração na hora de decidir ter uma planta, confira ideias e dicas de como elas podem habitar seus cômodos:

Inspiração Urban Jungle
Urban Jungle é uma tendência de decoração que se propõe a trazer a selva para dentro das paredes de concreto. É possível trabalhar com qualquer tipo de planta e disposição, sempre se atentando aos cuidados necessários. Para quem gosta de viver no meio do mato, essa é uma ótima alternativa, mesmo morando na cidade.

Várias plantas dentro de uma sala de jantar, estilo Urban Jungle.

Terrários
Esse tipo de arranjo é ótimo para quem não gosta de bagunça. As plantas ficam, quase ou totalmente dentro de um recipiente, geralmente de vidro, que impede que sujeiras de terra ou folhas secas se espalhem para além do vaso.

Por possuírem limitação de espaço, os terrário acomodam melhor plantas de menor porte, que podem ser suculentas, cactos ou quaisquer outras espécies pequenas. Tente reproduzir o ambiente da sua espécie, através do solo, exposição ao calor e luz e reservas de água adequadas. Em terrários fechados, a planta irá se adaptar, criar seu próprio ecossistema e mantê-lo, sem necessidade de interferência.

Vasos de plantas, estilo terrários.

Tenha um berçário
Um berçário de plantas pode ser um vaso específico ou qualquer recipiente que possa comportar os brotinhos de suas plantas. Existem muitas espécies que com grande capacidade e facilidade de reprodução, onde uma folha perdida pode se tornar uma nova planta.

Vaso de plantas sendo usado com a função de berçário para pequenos brotos.

Horta dentro de casa
Aproveite que está pegando o jeito e implemente uma pequena horta de ervas, vegetais ou qualquer outro tipo de alimento. Normalmente, cozinhas ou áreas externas são os melhores locais para esses cultivos, pela praticidade e também condições ambientais. Além de enfeitar, essas plantinhas vão deixar um aroma agradável em sua casa e você garantirá alimentos fresquinhos e totalmente orgânicos para suas refeições.

Cozinha com mesa de jantar posta e um pequeno vaso de ervas ao lado.

Jardim interno para seus pets
Criar um espaço verde para o seu bichinho, também é uma ótima forma de cultivar plantas dentro de casa. Esse espaço pode servir tanto para eles quanto para você, sendo um local de descanso e de contato com a natureza. Na hora de planejar, procure por espécies de plantas que sejam inofensivas ao seu pet.

Cachorro em ambiente criado com plantas e tapetes aconchegantes.

Plantas além das plantas
Se mesmo depois de todas essas dicas, você ainda ache que não é o momento de ter uma planta viva, temos a solução. As plantas podem ser agregadas através de outras formas, como objetos de decoração e acabamentos. Inspire-se!

Sala de estar com papel de parede com estampa de plantas e um abajur, também estampado com a imagem de plantas.

Gostou das dicas? Acompanhe o Blog Madesa e conheça mais conteúdos como este!
Aproveite e inscreva-se também em nossa newsletter e saiba de todas as nossas novidades.

Imagens Madesa Móveis e Unsplash

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, compartilhe seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui