Decoração com espelhos: aprenda a usar esse item como aliado na hora de decorar!

0

A decoração com espelhos é um clássico na hora de deixar os ambientes maiores ou mais profundos. Além disso, esses objetos ajudam a adicionar um toque de sofisticação.

O mais bacana é que os espelhos são versáteis e combinam com praticamente qualquer estilo. Está pensando em decorar usando esse objeto? Então veja as dicas que separamos!

Por que decorar com espelhos?

Os espelhos têm a função de duplicar um cômodo. Por isso, são aliados perfeitos para deixar um ambiente mais espaçoso, seja trazendo mais altura para um pé direito baixo ou alargando verticalmente.

Além disso, se a área recebe pouca iluminação natural, os espelhos podem ser usados para favorecer essa luminosidade. Isso porque eles refletem a luz que recebem, deixando a área mais bem iluminada.

Mas, é claro, para conseguir todos esses efeitos, é preciso muito cuidado na hora de fazer a decoração com espelhos. O principal truque está no posicionamento correto do objeto – e também em escolher o melhor modelo para os efeitos que deseja, considerando as características do ambiente.

Como fazer a decoração com espelhos?

Agora que você já sabe os benefícios da decoração com espelhos, que tal colocar a mão na massa? Veja as dicas que separamos.

Atenção ao formato do espelho

O formato do espelho é muito importante, já que ele tem relação direta com o efeito que o objeto terá no cômodo.

Os espelhos verticais, por exemplo, ampliam a altura, sendo os mais indicados para ambientes com pé direito baixo. Já os espelhos horizontais ampliam a largura, perfeitos para cômodos estreitos.

A @casadafabi47 optou por um modelo vertical, dando destaque para o cantinho da TV.

Se você for usar um espelho horizontal, uma boa ideia é usá-lo em cima de um móvel do mesmo tamanho, harmonizando a composição. Por exemplo, um espelho retangular posicionado acima de um aparador na sala de jantar. Outra ideia é criar uma combinação, com dois ou três espelhos retangulares em conjunto.

Analise a moldura (ou a falta dela)

A moldura é capaz de dialogar com os diferentes estilos decorativos, por isso, ela deve ser analisada com cuidado, pensando no estilo predominante do ambiente.

Os modelos com moldura de madeira são os mais fáceis de combinar, afinal esse é um elemento versátil, que pode aparecer tanto em uma decoração rústica como contemporânea. 

Existem também os modelos com moldura em aço que são bem modernos – e até com detalhes em couro, que trazem um ar de aconchego.

Outra opção são os espelhos venezianos, com molduras que contam com desenhos feitos no próprio vidro. Os detalhes costumam ser clássicos, com desenhos de flores ou de ondas – ficando ótimos em ambientes femininos ou com uma decoração mais tradicional.

Para um efeito mais moderno, você pode usar um espelho bisotê (que não tem moldura) e traz uma sensação mais clean.      

Pense onde irá posicionar o objeto

Na hora de escolher a melhor posição para o espelho, avalie a cena que ele irá refletir, evitando locais onde o reflexo seja do banheiro ou da lavanderia, por exemplo, que não são cenas muito agradáveis.

Prefira locais nos quais o reflexo seja um ambiente neutro e calmo, ou algum destaque da sua decoração. Por exemplo, você pode posicionar o espelho próximo a um móvel que tenha um vaso de flor – assim essa imagem agradável será duplicada.

Outro ponto de atenção é com a luz. Se o espelho refletir a luz do sol ou de outra fonte de maneira direta, o uso do espaço pode ser prejudicado, porque não será confortável.

Cuidado com o excesso de decoração

A decoração com espelhos precisa ser harmônica, com os espelhos trazendo leveza e não excesso. Por isso, analise como é o restante da sua decoração.

Por exemplo, se na sua sala de estar você tem um lustre super trabalhado, papel de parede e itens coloridos – e o espelho irá refletir todos esses pontos, duplicando-os, sua sala poderá parecer mais “abarrotada” e sufocante, algo nada agradável.

O ideal é que o espelho esteja posicionado em pontos mais “clean” e neutros da sua decoração, evitando interferir na produção do espaço.

Pense em adicionar funcionalidade

Em alguns locais, o uso do espelho é essencial, como nos banheiros, ajudando a trazer funcionalidade. Nesses ambientes, portanto, o cuidado com a escolha do modelo deve ser redobrada.

Pense em um espelho que ajude nas tarefas do dia a dia e que tenha um tamanho adequado para ampliar e também para ajudar você a se maquiar, cuidar da higiene pessoal, da pele e de todas as demandas necessárias para o ambiente.

Nesse espaço, a iluminação é crucial. Por isso, você pode pensar em adicionar luminárias ao lado do espelho, spots ou até investir em espelhos que já têm iluminação (como os modelos com fitas de LED).

Embora no banheiro, o espelho seja um item básico – você poderá usá-lo para adicionar um toque de sofisticação, pensando na moldura ideal para isso.

Se você deseja um banheiro vintage e bem romântico, pode usar o espelho veneziano. Já para um ambiente mais clean e moderno, o bisotê é perfeito. E para lavabos pequeninos, vale a pena instalar um espelho partindo do teto.

Use como objeto de decoração

Em ambientes nos quais a funcionalidade não é imperativa, você pode usar o espelho na decoração como um objeto, trazendo um toque especial ao seu décor.

Nesse caso, os modelos em formatos diferenciados ou com detalhes únicos são os mais indicados. Por exemplo, o espelho Adnet (modelo redondo com cinta de couro), os espelhos menores em formatos ovais que podem ser usados em uma composição ou outros bisotês em formatos geométricos, criando uma parede de destaque.

O espelho Adnet deu um charme especial na decoração da @euadreajesus.

Nos corredores, essa técnica também é muito bacana. Você pode usar o espelho em substituição a um quadro e, de quebra, ganhar mais profundidade. Ou, ainda, inserir alguns espelhos em meio a uma parede galeria (com quadros, fotos e objetos artesanais), por exemplo.

O recurso também é válido para halls de entrada, trazendo mais vida para a área.

Trabalhe com móveis espelhados

Os móveis espelhados também são ótimos para ganhar mais profundidade e ampliar os ambientes. A grande “sacada” é que, como são partes integrantes dos móveis, eles não ocupam espaço extra.

Nos quartos, os guarda-roupas com portas de correr espelhadas são verdadeiros coringas, funcionando com praticamente qualquer estilo decorativo.

Ao refletirem o ambiente, eles fazem com que o espaço pareça maior e, ainda, adicionam funcionalidade. Afinal, você pode usar o espelho para se arrumar, se maquiar e para diversas outras demandas.

Além dos quartos, essa técnica pode ser usada nas cozinhas (com algumas portas dos armários espelhadas) e até nas salas (com uma estante espelhada ou outro móvel espelhado, por exemplo).

Os móveis espelhados deram uma cara super moderna na cozinha da @home_537.

Só tome cuidado para não exagerar. Se for usar um móvel grande espelhado, evite incluir outros espelhos no espaço, para não ficar um excesso de informação.

Considere a fixação

Além de escolher o espelho correto e o local onde ele ficará, é importante analisar como o objeto deve ser fixado.

Se o espelho for grande e pesado, o melhor é instalá-lo com a ajuda de uma cola especial. Essa técnica também é a mais indicada caso você não pretenda retirar o espelho do local em alguns anos.

Mas, se você vai fixar um espelho de peso médio, pode usar os ganchos ou parafusos, no caso de espelho com moldura.

Quem deseja uma ideia mais prática (e bem moderna) pode só apoiar o espelho no chão, levemente inclinado (para os modelos maiores e com molduras) ou sobre prateleiras (em uma composição na parede, por exemplo).

Viu só como a decoração com espelhos é perfeita para transformar praticamente qualquer ambiente da sua casa? 

Na Madesa, você encontra vários móveis espelhados para compor seu décor e muitas outras peças incríveis para uma decoração funcional e cheia de personalidade. Conheça as opções na nossa loja!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, compartilhe seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui