Como fazer uma decoração com papel de parede

0
Cozinha Madesa Reims branca em um cômodo com papel de parede como exemplo de como fazer uma decoração com papel de parede.

A decoração com papel de parede está em alta, ajudando a transformar diferentes ambientes de casa de maneira simples e prática. Você pode decorar com papel de parede praticamente qualquer cômodo, como salas, quartos e até cozinhas e lavabos.

A grande vantagem do papel de parede é, justamente, permitir uma maior personalização, graças à grande variedade de cores e estampas.

Quer renovar a sua casa com esse item? Veja as dicas imperdíveis que separamos!

Como usar papel de parede na decoração?

Versátil, a decoração com papel de parede pode ser usada em praticamente qualquer ambiente e estilo decorativo. Como existem várias estampas, é importante ficar de olho e buscar aquela que melhor se encaixe na decoração do seu ambiente.

Confira, abaixo, algumas dicas em relação às diversas estampas existentes:

Listras

As listras são estampas clássicas e atemporais, ou seja, nunca saem de moda. Quando aplicadas na horizontal, dão a impressão de que o ambiente é mais espaçoso. Por isso, a decoração com papel de parede listrado é uma excelente opção para apartamentos e ambientes pequenos.

Floral e Romântico

A estampa floral é outra opção bastante procurada e pode ser usada em vários ambientes como quartos, salas, sala de jantar e lavabos.

Como é uma estampa delicada, ela traz feminilidade e romantismo aos ambientes. Caso queira criar um décor provençal, atenção ao restante dos móveis e das cores, que devem ser mais neutras. Para um ambiente romântico, prefira as estampas menores.

Arabesco

O arabesco é um formato inspirado nas flores. Ele é bem delicado e combina com todos os cômodos da casa. Caso queira uma versão de arabesco com brilho, prefira decorar com papel de parede em modelos adamascados, que trazem um toque de sofisticação.

Vintage e retrô

A decoração com papel de parede vintage e retrô é aquela com estampas inspiradas em décadas passadas. As mais usadas são flores, xadrez ou estampas maiores e “psicodélicas”, remetendo às décadas de 60 e 70.

Você pode mesclar um papel de parede na decoração com um estilo retrô e um mobiliário moderno para criar um ambiente bem personalizado.

Moderno

Os papéis de parede modernos são os que possuem cores e desenhos com uma pegada mais jovem – e existem até versões metalizadas que deixam o espaço ainda mais personalizado e com o estilo do morador.

Cuidado, somente, se for usar uma estampa mais chamativa. Nesse caso, opte pela aplicação em apenas uma ou duas paredes, dependendo do tamanho do cômodo.

3D

Cozinha Madesa Glamy em frente a um papel de parede 3D de tijolinhos.
A cozinha Glamy da @lardawan_, por exemplo, conta com papel de parede de tijolinhos.

Os modelos 3D estão muito em alta, trazendo o efeito tridimensional para a sua decoração com papel de parede.

Os mais usados são os que recriam texturas, como tijolinhos, pedras naturais, madeira e outros. Eles são ótimos para trazer sofisticação e requinte e também podem ser aplicados em todos os ambientes, combinando com estilos decorativos diversos como o industrial, urbano, rústico e contemporâneo.

Geométrico

A estampa geométrica é clássica e ideal para quem quer transformar a casa e decorar com papel de parede sem exageros. Ela é fácil de combinar e existem diferentes padrões com modelos monocromáticos ou coloridos.

Infantil

Para escolher o papel de parede na decoração dos quartos das crianças, a melhor opção são os papéis de parede infantis. Eles são coloridos, divertidos e ajudam a deixar o ambiente mais personalizado e de acordo com a idade das crianças.

Dicas para usar o papel de parede

Muitas pessoas desejam usar o papel de parede na decoração da casa, mas é preciso levar em consideração algumas dicas importantes para garantir os melhores resultados.

Confira, abaixo, essas dicas para não esquecer na hora de fazer uma decoração com papel de parede:

  • se o ambiente for pequeno, prefira fazer a aplicação em apenas uma parede de destaque;
  • caso queira ousar no mobiliário e nos objetos decorativos, prefira papéis de parede com estampas menores e cores neutras (essas também são boas indicações para espaços pequenos);
  • os tons neutros são mais fáceis de combinar e permitem uma versatilidade decorativa maior;
  • nas cozinhas, você pode decorar com papel de parede temático ou ainda em lousa;
  • para a decoração com papel de parede nos quartos, prefira uma opção mais serena, que favoreça o aconchego, com tons suaves ou que recriem texturas acolhedoras, como o tecido. Um bom lugar para aplicá-lo é na parede atrás da cabeceira da cama;
  • o uso de papel de parede na decoração é uma ótima opção para espaços pequenos como os lavabos e as lavanderias, que ficam mais alegres com essa aplicação;
  • atenção para a harmonia do ambiente. Se for usar um papel de parede colorido, escolha uma cor para se repetir em algum móvel, como capa de almofada ou outro objeto. É importante que o estilo do papel de parede e da decoração sejam próximos ou tenham sintonia entre si.

Quais são os tipos de papel de parede?

Quando o assunto é decoração com papel de parede, um ponto importante para ficar atento é o material do qual o produto é feito, garantindo que ele pode ser aplicado no cômodo onde você deseja. Confira quais são os principais:

Tradicional

Esse é o papel de parede produzido em celulose. Ele possui um aspecto liso e seco e se apresenta em uma grande diversidade de estampas. O recomendado é que ele seja aplicado em paredes lisas, pois não camufla imperfeições, e em cômodos livres de umidade.

O papel de parede tradicional tem uma durabilidade em torno de 3 anos, desde que seja bem instalado, caso contrário pode contar com arestas que rasgam com facilidade.

Vinílico

É o papel de parede produzido com PVC. Como possui uma camada protetora de vinil, ele pode ser lavado com sabão neutro e esponja macia, sendo, portanto, uma excelente alternativa para pessoas alérgicas e quartos infantis.

Outra vantagem é que a decoração com papel de parede desse material pode ser feita próximo a áreas molhadas e úmidas, como a aplicação em cozinhas e lavabos.

O PVC é um material mais resistente, então a durabilidade desse papel é maior, em torno de 12 anos. Devido à sua resistência, ele pode ser instalado em superfícies com pequenas imperfeições.

TNT

O papel de parede de TNT (tecido não tecido) é produzido com fibras naturais de lã e algodão e sintéticas, que misturam polipropileno e poliéster. Como o próprio nome sugere, sua aparência é bem próxima ao tecido, porém ele é mais resistente.

Por isso, esse tipo de papel de parede na decoração pode ser aplicado em locais com umidade, como cozinhas e lavabos e também pode ser aplicado em paredes com pequenas imperfeições.

Emborrachado

É o papel de parede que recebe uma camada de EVA na superfície. Assim, para limpá-lo, basta usar uma bucha macia e sabão neutro, sendo ótimo para alérgicos e crianças.

Tem uma durabilidade alta, de 12 anos em média.

Alto relevo

É o papel de parede com textura. Seus desenhos possuem pequenos enxertos, que dão um aspecto macio e almofadado.

Ele é mais sensível, por isso não é recomendada a decoração com papel de parede desse material em locais com umidade e a limpeza deve ser feita apenas com aspirador de pó e pano seco, com muito cuidado, devido à delicadeza do produto.

Adesivo

Esse não é exatamente um papel de parede, sendo mais um adesivo decorativo. Ele é vendido em rolos menores e possui um verso adesivado, sendo mais fácil a instalação, pois dispensa o uso de cola.

Como aplicar papel de parede?

Para decorar com papel de parede de forma adequada, você precisará de:

  • cola em pó;
  • balde para diluir a cola;
  • escada;
  • fita métrica;
  • broxa ou rolo de pintura;
  • tesoura;
  • estilete;
  • espátula para corte;
  • pano seco.

Antes de começar a aplicação do papel de parede na decoração de qualquer ambiente da casa, lixe e limpe a parede, deixando a superfície o mais lisa possível. Depois, meça a área onde o papel de parede será aplicado e deixe 10 cm a mais na parte de cima e de baixo.

Dilua a cola em pó de acordo com as recomendações do fabricante e aplique no verso do papel de parede usando o rolo de pintura ou broxa. Comece pelo centro e vá espalhando para a parte de fora.

Quando for colar, inicie o processo pelo teto e vá seguindo com cuidado até o chão. Use um pano seco para retirar as bolhas de ar e deslizar o papel pela parede.

Finalize usando a espátula para fazer o acabamento e corte os excessos com o estilete.

Como remover papel de parede?

Se você cansou da decoração com papel de parede, saiba que também é possível retirar esse item.

Uma maneira simples é encher um balde com água quente e molhar a parede com o papel usando um rolo de pintura. Faça isso até que o papel e a cola fiquem amolecidos. Depois, use uma espátula para retirar o material de baixo para cima.

Outra forma é usar uma mistura de 1/4 de amaciante para 3/4 de água ou 1/2 de amaciante e 1/2 de água. Aplique a solução na parede usando o rolo de pintura, deixe agir por alguns minutos e depois use a espátula para fazer a retirada, sempre de baixo para cima.

Ainda é possível usar uma solução de 1/5 de vinagre e 4/5 de água. Aplique com o rolo de pintura, deixe agir por alguns minutos e faça a retirada com a espátula. Quem tem acesso ao vaporizador, poderá usá-lo segurando o aparelho contra o papel de parede.

Mais inspirações

Confira como alguns de nossos clientes estão combinando nossos móveis na decoração de suas casas!

Agora que ficou bem mais fácil pensar na decoração com papel de parede, não deixe de assinar nossa newsletter para receber as novidades aqui do blog direto no seu e-mail!

Gostou de alguma das imagens desta matéria? Todos são fotos de #clientesmadesa com produtos que estão disponíveis em nossa loja oficial. Contamos com uma linha completa de móveis para casa, confira! 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, compartilhe seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui