A parede de tijolinhos é um clássico e com certeza você já ficou “babando” pensando em ter uma aí na sua casa, não é mesmo?

E isso não é por acaso, já que a textura ajuda a diferenciar os ambientes e criar um ponto de contraste. Além disso, dependendo da cor usada, você pode reforçar o estilo mais rústico, moderno ou industrial do espaço.

Se você sonha com uma parede de tijolinhos, a boa notícia é que dá para fazer uma em casa, usando materiais simples, como EVA ou gesso. Se interessou? Então siga a leitura e confira as dicas espertas da Madesa!

Como e onde usar a parede de tijolinhos à vista?

A parede de tijolinhos pode ser usada em praticamente qualquer ambiente. Desde que você queira destacar aquele espaço. Afinal, a textura chama mais atenção do que uma parede branca.

Ela pode ser usada na sala de estar, de TV, de jantar, corredores, hall de entrada, escritórios, quartos e afins.

Até mesmo espaços pequenos podem se beneficiar com a textura. Nesse caso, a dica é preferir uma versão mais suave, como a parede de tijolinhos brancos.

Para deixar o espaço mais leve e aconchegante, outra ideia é investir em quadros e móveis próximos. Por exemplo, se a parede é de tijolos brancos, você pode usar quadros com molduras coloridas.

Você pode combinar essa parede com decorações em estilos variados, como rústico, industrial, urbano e até contemporâneo. O segredo está nas combinações que irá fazer.

Por exemplo, uma parede de tijolinhos com luminárias em metal e tubulações aparentes combina super com o estilo industrial. 

Já se você combinar com detalhes em cobre ou ferro, madeira maciça e concreto aparente ou cimento queimado, terá um ambiente rústico. Ao mesclar com materiais mais nobres, como vidro ou mármore, ganhará um espaço contemporâneo.

E os móveis?

Os móveis são cruciais para conseguir uma decoração mais harmônica e destacar a sua parede de tijolinhos. 

Em geral, as opções em madeira ficam incríveis nas decorações rústicas ou nas quais se deseja reforçar o aspecto aconchegante do ambiente.

Por outro lado, se a sua ideia é criar um espaço mais moderno e clean, a dica é optar por móveis com cores neutras. Principalmente o preto e o branco. 

Quem tem uma decoração bastante neutra e vai usar uma parede de tijolinhos brancos, pode criar ainda mais contraste nessa área. 

Por exemplo: escolher um móvel de destaque em uma cor mais vibrante, como amarelo ou azul.

Quando vale a pena ter uma parede de tijolinhos em casa?

Apesar de a parede de tijolinhos estar em alta, muitas pessoas ainda têm receio de investir nessa alternativa.

É importante ressaltar que, ao usar essa textura, sua parede se tornará um ponto focal dentro do ambiente, atraindo o olhar de todos que entrarem no espaço.

Então, é muito importante escolher bem qual parede destacar e pensar em como coordenar essa textura com o restante da sua decoração. Pois, assim, você conseguirá ter um ambiente harmônico e aconchegante.

Se você quer dar um “up” no visual de um ambiente, deixando-o com mais personalidade e aumentando a sensação de aconchego, vale muito a pena investir na parede de tijolinhos.

Mas se você gosta de um aspecto mais clean ou adora mudar constantemente sua decoração, talvez esse estilo não seja o ideal. Pois, a parede ficará como ponto focal do espaço e será mais difícil alterar a decoração continuamente.

Como fazer uma parede de tijolinhos?

Já está convencido que a parede de tijolinhos é ideal para transformar a sua casa? Como explicamos, existem várias técnicas que podem ser usadas para criar essa textura. E muitas são no estilo “faça você mesmo”. Confira as ideias que separamos!

Tijolinho de isopor

Essa, sem dúvida, é a parede de tijolinhos mais fácil de ser montada e que exige um investimento baixo.

  • Você precisará, apenas, cortar o isopor no tamanho de tijolinhos, em torno de 20cmx8cm;
  • Para simular a textura, use um ferro de solda (pode ser encontrado em qualquer loja de ferramentas);
  • Após fazer todos os tijolinhos, é hora de colocá-los na parede. Para quem mora de aluguel, a fita dupla face é uma boa aliada, porque é mais fácil de ser retirada depois;
  • Finalize dando 2 demãos de tinta na mesma cor da parede. O efeito fica bem realista!

Tijolinho de EVA

O tijolinho de EVA também é fácil de fazer e o resultado é mais clean. O esquema é semelhante ao anterior, só que você deverá criar os tijolinhos usando folhas de EVA.

Para não ficar muito difícil de aplicar na parede, a dica é criar um molde de cartolina. Nele, você irá recortar os quadrados onde os tijolinhos irão ficar, deixando o espaço que seria referente ao rejunte.

Aí é só ir seguindo o molde para colar os tijolinhos na parede. Para isso, use cola branca ou cola de contato. Finalize dando 2 demãos de tinta de parede da cor que você preferir.

Tijolinho de gesso

Os tijolinhos de gesso dão um pouco mais de trabalho para fazer, porém o resultado é perfeito e fidedigno.

Para fazer, você irá precisar de: água, gesso em pó, cola para gesso ou gesso cola, forma de silicone no formato dos tijolinhos, espátula de plástico, esponja e colher.

  • Comece misturando o gesso em pó com a água, seguindo as orientações do fabricante, até obter uma massa homogênea. Não coloque tudo de uma vez na água, para não empelotar. Vá polvilhando o gesso aos poucos e misturando por partes;
  • Depois, despeje a mistura na forma de silicone, preenchendo todo o desenho. Use a espátula para retirar o excesso e a esponja para limpar a superfície do molde. Espere secar, em torno de 15 a 20 minutos;
  • Os tijolinhos estarão prontos quando estiverem ligeiramente mornos e sólidos;
  • A quantidade de tijolos que você precisará fazer depende do tamanho da parede a ser revestida. Vá fazendo os tijolinhos aos poucos e medindo para entender sua necessidade;
  • A aplicação dos tijolos pode ser feita com argamassa ou gesso cola, ok?
  • Para fazer o gesso cola, misture água ao material, de acordo com a indicação da embalagem. Quando obter uma mistura homogênea, aplique nos tijolos de lado a lado e vá alinhando, criando um efeito alternado na parede;
  • Depois, você pode pintá-los de branco ou da cor que preferir.

Tijolinho de grafiato

Existem muitas técnicas com o grafiato. Separamos uma mais simples. O resultado é muito real.

  • Para fazer, você deve misturar grafiato, gesso, pó xadrez vermelho e amarelo;
  • Coloque pouco gesso e o restante na quantidade para obter uma massa homogênea, de uma cor semelhante ao tijolo de barro;
  • Em uma parede de 3m x 2,40m você pode usar a seguinte proporção: 3 sacos de grafiato, 1 saco de gesso de 1kg e ½ saco de pó xadrez de cada cor;
  • Crie um molde de MDF para fazer os tijolos. A medida deve ser de 15x5cm, com profundidade de 1cm;
  • Coloque um plástico no molde antes de colocar a massa. Depois, vá carimbando a parede para formar os tijolos. Retire o plástico a cada carimbada e troque também. Os cantinhos podem ser feitos com uma espátula, para retirar o excesso de massa e formar o tijolo;
  • Após preencher a parede com os tijolos carimbados, use argamassa cinza para fechar os vãos entre os tijolos. Para não soltar sujeira, aplique silicone por cima.

Base para textura rústica

Se você deseja uma opção mais prática, mas  que tenha um efeito bastante realista, pode usar uma base de textura rústica para fabricar os tijolinhos fake.

  • Escolha uma parede que esteja com a tintura fosca. Se a sua for brilhante, terá que lixar;
  • Depois, use a fita crepe para criar um molde na parede, destacando os pontos onde os tijolinhos irão ficar e onde será a massa;
  • Na sequência, aplique a base. A textura aparece conforme o produto seca. O truque é acertar no alinhamento da fita crepe e retirá-la com a base ainda molhada;
  • A técnica é mais indicada para quem deseja os tijolos brancos ou para quem quer pintar a parede e o falso rejunte da mesma cor;
  • E, claro, além dessas técnicas, é possível aplicar um papel de parede com efeito de tijolinho 3D, que é muito prático. Ou aplicar placas de cerâmica que recriam os tijolinhos;

Viu só, quantas ideias incríveis para ter uma parede de tijolinhos em casa? Siga o Instagram da Madesa e  inspire-se com dicas e ideias de decoração!