Estilos de decoração: 9 ideias para você se inspirar

0
Sala de estar decorada como exemplo dos estilos de decoração.

Com tantos estilos de decoração, nem sempre é fácil definir o ideal para sua casa, não é? Apesar disso, é muito importante fazer uma escolha sensata, considerando as características do ambiente e a personalidade dos moradores.

Dessa forma, você conseguirá um cantinho que é a sua cara e que favorece o aconchego e o bem-estar, destacando os aspectos arquitetônicos e otimizando diversos pontos.

Para lhe ajudar nessa tarefa, montamos este conteúdo completo, explicando melhor cada um dos diferentes estilos de decoração e apresentando dicas importantes para você optar pelo ideal. Confira!

Tipos de decoração: 9 estilos para se inspirar

Para definir o melhor estilo de decoração, é importante, primeiro, conhecer as características básicas de cada um. Os mais usados atualmente são:

  • Minimalismo;
  • Industrial;
  • Escandinavo;
  • Rústico;
  • Clássico;
  • Contemporâneo;
  • Vintage/retrô;
  • Boho chic;
  • Japandi.

Vamos conferir mais detalhes sobre cada um deles?

1. Minimalismo

Ambiente minimalista, um dos principais estilos de decoração, com predominância da cor branca, espelhos e um vaso de plantas.

O lema desse estilo é “menos é mais”. Ele também acaba resvalando no estilo de vida, sendo ideal para pessoas que estão repensando o consumo e buscando uma vida mais leve.

Nos espaços minimalistas, a ideia é usar o mínimo possível de móveis e acessórios, sem deixar de lado o conforto e a funcionalidade. É um ótimo tipo de decoração para espaços pequenos – e tem um apelo muito grande ao uso de móveis multifuncionais e planejados.

As cores neutras são a base desse estilo, especialmente o branco, o cinza, o bege e o preto (nos detalhes). Os objetos decorativos são poucos e usados apenas para criar contraste ou pontos focais – prefira itens mais marcantes!

2. Industrial

Quarto em estilo industrial, com paredes de cimento queimado e móveis com detalhes em madeira.

Esse é um dos estilos de decoração mais em alta ultimamente. Ele é uma releitura do estilo que dominou Nova Iorque nos anos de 1960, com os antigos galpões industriais sendo transformados em lofts.

Por isso, a ideia é realçar e valorizar os aspectos de antigas empresas, com tubulações aparentes, paredes de tijolinho, uso do cimento queimado ou concreto aparente, grandes janelas favorecendo a iluminação natural e uso de ambientes integrados.

No mobiliário, há uma mistura de elementos, com destaque para a madeira, o aço, o ferro envelhecido, o vidro e algumas peças de design.

As cores neutras são a base do estilo industrial, como o branco, o marrom, o preto e o cinza. Os pontos de contraste podem ser feitos com tonalidades mais vibrantes, como o amarelo, o vermelho e o azul.

3. Escandinavo

Ambiente clean com poucos móveis e decorado com alguns vasos de planta, exemplo do estilo escandinavo.

A decoração escandinava é atemporal e inspirada nos países nórdicos. Como esses locais têm grandes períodos de nevascas, as casas precisam ser aconchegantes e claras, um verdadeiro refúgio.

O branco é a cor mais usada nesse tipo de décor (sendo excelente para ambientes pequenos), além dos tons que trazem detalhes da natureza. Outro item muito marcante é a madeira, que quebra a dureza do branco e adiciona mais aconchego. Ela pode ser usada como revestimento de pisos, paredes e também nos móveis.

Para trazer mais conforto, outros detalhes são importantes, como tapetes felpudos, mantas de lã, detalhes em pele e almofadas. A personalidade fica por conta dos objetos posicionados de maneira inusitada, como os quadros encostados no chão ou em prateleiras – e fios de lâmpada aparentes.

A luz natural é um elemento importantíssimo em vários estilos de decoração, mas, nesse em especial, é bacana dar uma atenção maior para as paletas com tons neutros e claros, que podem ir além do branco, explorando, por exemplo, o cinza, o bege e o rosa pálido.

4. Rústico

Mesa de madeira decorada com um vaso de galhos secos, um exemplo do estilo de decoração rústico.

Quem adora a vida no campo pode trazer essa atmosfera com o estilo rústico. Engana-se quem pensa que ele apenas deve ser usado em casas de fazenda, pois apartamentos e casas urbanas ganham muito charme com a releitura do rústico tradicional.

A base do estilo é o uso de elementos naturais, como madeira, pedras, vime, cerâmica, couro, palha e linho, além da aparência levemente desgastada dos objetos – como os móveis de madeira com pátina e metais oxidados.

As cores mais usadas são o marrom, os tons terrosos (verde musgo, mostarda, telha etc.), em harmonia com os tons neutros e claros. Na decoração, aposte em flores, folhagens e plantas, trazendo essa atmosfera campestre. Quem quiser investir em estampas, o xadrez é bem característico.

As peças artesanais também ganham destaque nesse estilo, como toalhas bordadas, peças de tapeçaria, cestos e outros.

5. Clássico

Decoração clássica com móveis antigos, vitrola, discos de vinil e quadros clássicos.

A decoração clássica é um dos estilos de decoração que mais exala elegância e sofisticação, remetendo aos antigos castelos e às casas da nobreza. Por isso, os detalhes são ricos e escolhidos a dedo.

Uma característica marcante é o mobiliário em madeira repleto de curvas e entalhes, como a tradicional perna em cabriolet, característica da época de Luís XV, na França.

Embora essas peças marcantes estejam presentes, os demais detalhes são atemporais, tornando o estilo clássico sempre novo e jovem. Como utiliza peças maiores, costuma ser mais indicado para casas grandes – porém, com alguns cuidados, é possível usar também em espaços menores.

A paleta de cores é neutra e muito fácil de combinar, usando como base o off-white e os tons de bege claro e marrom, como contraponto.

Os ambientes são enriquecidos com detalhes em gesso, espelhos com molduras grandes e trabalhadas, tapeçarias e cortinas nobres, obras de arte antigas e objetos com materiais nobres, como cristal e porcelana. Os revestimentos com pedras naturais, como mármore e granito são ideais.

6. Contemporâneo

Sala de janta contemporânea com móveis modernos, iluminação natural e conceito aberto.

Entre os estilos de decoração, esse é o estilo atual, do momento em que vivemos. A base são os móveis em linhas retas e sofisticadas, a paleta em cores neutras e claras e a mistura de materiais, com destaque para madeira, vidro e itens metálicos.

Há uma busca pela circulação fluida, garantindo a funcionalidade e valorizando a amplitude. As cores intensas (como magenta, amarelo e verde) não ficam de lado, mas aparecem criando destaque e pontuando os ambientes como, por exemplo, quadros, almofadas, mantas de sofá etc. As estampas também podem aparecer, mas com padronagens sutis, especialmente as geométricas.

A mobília costuma ser mais ampla, porém baixa, trazendo volume próximo ao chão e deixando as paredes livres (o que combina perfeitamente com espaços abertos e integrados).

7. Vintage ou Retrô

Ambiente decorado com estilo vintage, com móveis com design antigo.

O Vintage e o Retrô são estilos de decoração que retomam décadas passadas, buscando trazer o charme de outras eras.

Para isso, são usados móveis antigos, que podem ou não ser repaginados, e alguns objetos de outras épocas, como telefones antigos, máquinas de escrever, máquinas de fotografia, entre outros.

No estilo vintage, as peças são realmente antigas – e no retrô são peças novas, porém, com o estilo de décadas passadas. Você pode montar todo o ambiente com peças dos anos de 1960 e 1970, por exemplo, ou usar uma base de itens modernos e pontuar com detalhes antigos.

Alguns itens que estão sempre presentes são: sofá e móveis com pés palito, estampas grandes e coloridas nos papéis de parede, eletrodomésticos com bordas arredondadas e paleta de cores vibrantes e quentes, como amarelo, vermelho e laranja, além do azul-claro.

8. Boho Chic

Quarto em cores claras, decorado com macramê e plantas - pontos fortes do estilo boho.

O Boho Chic é um dos estilos de decoração mais difíceis de conceituar, porque ele mistura diferentes influências, como o hippie chic, a cultura cigana, o estilo oriental e os detalhes étnicos. É ideal para pessoas que adoram ambientes cheios de personalidade.

Para não errar, é fundamental tentar combinar os diferentes elementos, cores e inspirações de maneira harmoniosa, criando um ambiente bastante aconchegante – que é característico do estilo.

Se no minimalismo a ideia é do “menos é mais”, no Boho não existem regras – e é possível misturar objetos de diferentes estilos e épocas, além de plantas, peças de crochê, macramê e outros objetos artesanais, estampas étnicas e cores vibrantes.

9. Japandi

Estilo de decoração japandi, contando com leques japoneses, móveis orientais e itens decorativos.

O Japandi é um estilo de decoração que está em em alta e é tendência na internet, principalmente no Pinterest. Ele une o estilo escandinavo e o japonês, criando ambientes únicos, organizados como os escandinavos e equilibrados e harmoniosos como os japoneses.

Para entender o estilo, é preciso se atentar a dois termos essenciais dessas culturas. O Wabi Sabi, filosofia japonesa que valoriza a aceitação, a transitoriedade e a beleza da imperfeição e o Hygge, conceito escandinavo que remete a um estilo de vida que valoriza o aconchego e os prazeres simples da vida confortável e alegre dentro de casa.

Algumas características presentes nesse estilo são: 

  • Materiais naturais (madeira, bambu, vime, rattan, cerâmica e elementos em metal);
  • Texturas aconchegantes (crochê, tricô, linho e algodão);
  • Móveis funcionais e versáteis;
  • Poucos objetos decorativos;
  • Cores suaves e neutras, mescladas pontualmente com cores mais escuras;
  • Peças e móveis com valor afetivo para os moradores.

Como escolher o estilo de decoração da casa?

Mesmo conhecendo mais sobre os diferentes estilos de decoração, ainda está difícil escolher o ideal para sua casa? O melhor é tentar entender a sua personalidade, estilo e preferências e, claro, considerar as características disponíveis no ambiente.

Separamos algumas perguntas que podem lhe ajudar a definir essa decisão.

Pense nos lugares que você gosta de frequentar

Analise as características arquitetônicas dos locais que você gosta de frequentar e em que você se sinta confortável. Eles são mais contemporâneos ou clássicos? São mais modernos ou rústicos? A decoração é mais intimista ou mais descontraída?

Crie um moodboard

Navegue pelo Pinterest ou Instagram de arquitetos e decoradores e separe algumas imagens de locais que lhe agradam, analisando as cores, os tipos de móveis usados, as combinações realizadas, os materiais empregados, entre outros detalhes.

Pense nos sentimentos que você deseja transmitir

Quais sentimentos você deseja ter ao entrar na sua casa? Aconchego, animação, criatividade, bem-estar, afeto? A decoração – principalmente as cores – é uma grande aliada para transmitir essas sensações.

Considere a sua personalidade

Você é mais prático e adora ambientes minimalistas e funcionais ou é mais do tipo romântico e sonhador, que adora colecionar itens de viagens e objetos com significado afetivo? Lembre-se que, entre todos os estilos de decoração, você deve escolher aquele que reflita melhor a sua personalidade!

Avalie seus gostos pessoais

Você é mais moderno ou tradicional? Prefere itens decorativos clássicos ou gosta de se arriscar com objetos inusitados? É muito importante levar o seu gosto pessoal em consideração – afinal, é você quem precisa se sentir confortável no seu lar.

Leve o tamanho da sua casa em consideração

Sua casa é grande ou pequena? Ela é bem iluminada naturalmente? Pensando nesses pontos, você saberá o quanto de móveis ou itens decorativos a sua casa comporta, além de saber quais cores usar.

Com essas perguntas respondidas, será mais fácil ter uma ideia de como deve ser a decoração ideal para você, entendendo as características de cada estilo. É claro que nada impede de mesclar diferentes estilos, criando um ambiente único e que seja a sua cara.

Inspire-se nos ambientes de nossos clientes

Ao escolher um dos estilos de decoração para a sua casa, a dica mais importante é apostar naquilo que lhe agrada e traz conforto. E os #ClientesMadesa sabem melhor do que ninguém como fazer isso! Dá uma olhada:

Acompanhe a Madesa

Agora que você já sabe tudo sobre os estilos de decoração que estão mais em alta, que tal conferir mais dicas incríveis de como decorar e organizar o seu lar em nosso blog?

E se você chegou até aqui porque está pensando em transformar o seu cantinho, nós podemos ajudar! Confira as promoções imperdíveis da nossa loja oficial.

Banner com fundo preto com os escritos "Black Friday Madesa: cadastre-se e receba descontos" escrito em branco e vermelho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, compartilhe seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui